POR FINAL, PALMEIRAS E PONTE PRETA SE ENFRENTAM PARA FAZER HISTÓRIA

Palmeiras e Ponte Preta abrem a volta da semifinal do Paulistão Itaipava neste sábado (22) quando se enfrentam na Arena Allianz Parque, às 19h. Após a surpreendente vitória ponte-pretana por 3 a 0 no Moisés Lucarelli, o time alviverde precisa ao menos devolver este saldo de gols para levar a decisão aos pênaltis.

Time mais badalado do Brasil, dono da melhor campanha na primeira fase do Paulistão Itaipava, atual campeão brasileiro e líder de seu grupo na Taça Libertadores da América, o Palmeiras foi surpreendido no primeiro jogo da semifinal por uma Ponte Preta rápida e letal. Por isso, entra em campo em casa neste sábado para fazer história ao reverter uma diferença de três gols.

Com todo o elenco à disposição, o técnico Eduardo Baptista pode repetir a escalação considerada ideal, mas que foi derrotada em Campinas. Durante a semana, o treinador insistiu nos treinos fechados e pode aparecer com surpresas na escalação. Além disso, os palmeirenses treinaram bastante cobranças de pênaltis.

Em entrevista coletiva, o goleiro Fernando Prass, ídolo da torcida palmeirense, mostrou-se confiante em uma virada e a classificação para a final estadual, mas pede sensatez. “Temos que tentar achar um equilíbrio para ter um lado emocional forte, porque vai ter uma energia forte na arena. Que a gente saiba usar isto na medida certa para nos fazer melhorar e não passar do limite”, afirmou.

Em busca de um título inédito que pode elevar o patamar da equipe no cenário futebolístico, a Ponte Preta entra em campo para seguir surpreendendo os favoritos. Após eliminar o Santos nos pênaltis em pleno Pacaembu lotado, o time campineiro surpreendeu a todos ao vencer o badalado Palmeiras por 3 a 0 com um futebol impecável, especialmente no primeiro tempo, quando construiu o placar ainda aos 33 minutos.

Gilson Kleina tem uma série de boas notícias para este segundo confronto. Se por um lado não poderá contar com o zagueiro Reynaldo, que vinha atuando na lateral esquerda, por outro terá os retornos de Nino Paraíba e Renato Cajá, além da garantia de que Clayson e Jeferson jogam. Cajá deve ser opção no banco de reservas, mas Jeferson pode atuar na lateral esquerda, enquanto Nino volta à direita. Outra opção é o aproveitamento de Artur, lateral esquerdo de origem, nessa função.

Capitão da equipe e um dos principais reforços em seu retorno nesta temporada, o volante Fernando Bob pediu cautela sobre a possibilidade de sonhar com o título do Paulistão Itaipava. “Sabemos o quanto isso será importante. Mas é jogo a jogo. É cedo para falar em título. Está perto, mas é preciso pensar primeiro no Palmeiras”, disse o camisa 5 que deve seguir com as companhias de Elton e Jadson no meio de campo.

FONTE: FPF